segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Sai o primeiro Bolo ! Com chocolate e beijinhos de framboesa

É isso mesmo ! É Dia 1... Na Cozinha ! É dia 1 de Setembro, é o meu post de nova temporada e é uma delícia !

Hoje trago um bolo de Chocolate. Não é vegan, nem livre de glúten, mas é muito fácil, saboroso e sem lactose (porque não podemos abusar em tudo).

Já me tornei membro desta bela comunidade de bloggers gulosos há alguns meses mas nunca tive oportunidade de participar com alguma coisa decente. Fiquei super entusiasmada quando vi que este mês era não só a comemoração do aniversário do grupo como iam faze-lo com bolos que o celebrassem. 
Há poucos dias atrás houve um aniversário cá por casa e foi-me pedido um bolo de chocolate a sério (o que nas palavras de outras pessoas quer dizer com açúcar, ovos, manteiga e todas as coisas que os bolos deliciosos normalmente levam). Pois bem, aqui está o meu bolo que acaba por celebrar um duplo aniversário !

(Há uma única foto nada artistica ou mesmo de aspecto delicioso mas que mostra a essência de bolo - eu espero que gostem !)



INGREDIENTES
2 chávenas de chá de farinha sem fermento
1 chávena de chá de açúcar amarelo
1 chávena de cacau em pó
4 gemas
4 claras batidas em castelo
1 colher de chá de bicabornato de sódio
1 colher de café de essência de baunhilha
1/2 chávena de água a ferver
1/3 chávena de óleo
1/2 chávena de natas de soja

RECHEIO
Natas de soja para bater
200 gramas de framboesas

COBERTURA
Chocolate negro 70% cacau


PREPARAÇÃO
Bater todos os ingredientes à excepção das claras, da água e do bicabornato.
Quando a massa estiver homogénea e com bolhinhas e rebentar acrescentar a água a ferver com o bicabornato. No final, acrescentar as claras e envolver cuidadosamente.
Verter numa forma redonda de fundo amovível e levar ao forno (200º) durante cerca de 30 minutos ou até que o teste do palito o verifique.

Para o recheio deve abrir o bolo ao meio com a ajuda de uma faca de serrilha e esperar que arrefeça totalmente. Á parte, batem-se as natas com 4 ou 5 framboesas esborrachadas para que fiquem com um toque leve de rosa. Espalham-se as natas no centro da parte inferior do bolo e polvilham-se com as restantes framboesas. Tapam-se com a outra metade e na cobertura, derreti uma tablete de chocolate negro de qualidade que verti no topo do bolo acompanhada de maltesers.

Eu guardei o bolo no frigorifico para que as natas se mantivessem frescas e firmes. É um bolo fofinho e fresco. O contraste do doce da massa, o amargo da cobertura, a riqueza das natas e a frescura das framboesas tornam-no um bolo muito equilibrado e óptimo para sobremesa ou lanche.

Espero que gostem =D